Como reconhecer sua equipe? Contribua com a pesquisa!

 

 

O reconhecimento é um dos principais motivos pelos quais muitos colaboradores se mantém há anos numa empresa, ainda que tenha que se automotivar, você trabalhar numa empresa que elogia e reconhece seu trabalho faz toda a diferença para se manter e fazer muito além do que é esperado em sua profissão.

 

Comigo foi assim por longos anos. Quanto mais a empresa reconhecia meu trabalho, quanto mais meus gestores reconheciam meu trabalho (e tive ótimos gestores, por sinal), mais eu tinha vontade de entregar. Mais eu tinha vontade de me doar. Ainda que não recebesse um tostão pelo trabalho a mais, até porque, o que de fato importava, não era somente o dinheiro e sim as oportunidades pelas quais me eram ofertadas do ponto de vista de desafios na carreira. E os desafios eram fatores e trabalhos pelos quais eu fazia e recebia o reconhecimento. E podiam me dar mais trabalhos dos quais me desafiavam que mais eu tinha vontade de fazer. O reconhecimento alimenta a alma. Alimenta o desenvolvimento. Deve haver alguma explicação psicológica por detrás, não importa, o que importa é que faz bem, faz bem para a alma.

 

Uma vez gravei um vídeo com um gestor muito solícito e a pergunta foi:

Dá para reconhecer 100% da equipe?

E a resposta foi que sim. Que dava sim para reconhecer 100% da equipe. Porque o reconhecimento não requer investimento financeiro, requer gratificações que não custam. Muito pelo contrário, o valor é intrínseco neste mundo de pessoas que são exigidas no ambiente corporativo, que se tornam máquinas, mas que são seres humanos, portanto, reconhecimento contribui para o bom e para a qualidade no desempenho do colaborador.

 

Eu costumo trazer até exemplos de dentro de casa. Quando a gente tira uma nota boa na escola e o pai e a mãe reconhecem é bom, certo? Ainda que seja apenas com um elogio, que a gente não receba um brinquedo em troca, certo? Faço isso em casa com meu filho José e funciona muito bem. O danadinho busca fazer o melhor sempre na idade dele... e o sorriso vai de uma ponta a outra da bochecha rosada dele.

 

É por isso que estou solicitando o apoio de quem se interessar em compartilhar suas experiências comigo, nesta pesquisa para um artigo que será publicado aqui ou que poderá contribuir em uma outra publicação para 2018.

 

Gostaria de saber com vocês, como fazem para reconhecer seus colaboradores? Qual sua metodologia? Qual seu segredo de reconhecimento?

 

Por favor, tragam com exemplos, dados e fatos o como fazem, está certo.

 

Obrigada e aguardo retorno.

 

Podem me encaminhar no kika@rodadakika.com.br

 

Um abraço fraterno, Kika.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

RECENT POSTS
Please reload

SEARCH BY TAGS
Please reload

ARCHIVE